PA – Capítulo 83

De Companheiro a Comida

 

 

Comparado ao jogo anterior com as grades, a arena estava cercada por uma escuridão assustadora naquele momento.

A temperatura não tinha mudado, ainda estava muito quente. No entanto, devido à fome prolongada, as mãos e pés deles tremiam, como se estivessem encharcados em água gelada.

— Alguém pode acender uma fogueira? — Os olhos de Lara brilharam vagamente na escuridão. Ela engoliu a própria saliva e acrescentou: — Se tivermos um pouco de sal, será melhor ainda.

Ao ouvir isso, Wang ergueu uma das mãos, que estava segurando o coelho, e procurou nos bolsos laterais e traseiros de sua calça.

— Meu isqueiro molhou com toda essa chuva, dai eu joguei ele fora. — Ele de repente se lembrou disso arrependido.

— Ah, eu não me importo mais. Vamos esfolá-lo primeiro. Se ficarmos sem opções, eu vou comê-lo cru! — Lara não conseguia mais resistir à fome. Ela puxou o coelho imóvel e empurrou para o namorado dela. — Você tem uma faca, certo? Rápido, tire a pele!

Junkai hesitou por um momento:

— E… este é o coelho da Srta. Lin… — gaguejou. — Eu não acho que devemos com… — Antes que ele pudesse terminar a frase, seu estômago subitamente roncou alto.

Ele não teve coragem de olhar para o coelho no chão com medo de que não pudesse conter sua fome insana. Ele podia sentir as ondas de fome arranhando seu estômago. Esta era a primeira vez em sua vida que ele sentia tanta fome assim.

— Se nós não o comermos, todos nós vamos morrer. — Lara franziu a testa enquanto olhava para ele. — Você realmente vai suportar me ver morrer de fome? Olha só, esse nem é o seu coelho!

Junkai rangeu os dentes e não disse nada.

— Rápido! Passe-me a faca! — Lara o empurrou asperamente. Vendo que o namorado dela ainda não estava disposto a agir, ela gritou com ele: — Você tem medo daquela mulher! Você é um inútil!

Junkai olhou para ela em choque. Esta era a primeira vez que ele ouvia sua namorada normalmente gentil e recatada usando esse tom de voz. Enquanto isso, Lara já estava procurando na mochila dele com braços trêmulos. Ela não estava tremendo por causa de sua falta de convicção de comer aquele coelho, mas devido a seu nível de açúcar no sangue perigosamente baixo, que a fazia se sentir tonta.

Durante todo esse tempo, os olhos famintos de Wang nunca deixaram o coelho. Comparado a Lara, sua condição não era melhor. Suas bochechas estavam profundamente fundas e sua barriga era visivelmente menor.

Lara rapidamente encontrou um canivete e um sorriso fraco apareceu de repente. Ela colocou o coelho de barriga para cima, depois segurou a lâmina contra a garganta dele. A faca afundou lentamente no pelo marrom do coelho…

Seus dedos tremeram quando ela pressionou a lâmina para baixo. Foi então que um brilho metálico parecido com um chicote foi subitamente em direção a eles. Lara não desviou a tempo, então ela foi acertada em cheio. Ela cambaleou enquanto perdia a empunhadura do canivete. O canivete foi lançado a uma grande distância deles. Então, o sangue lentamente escorreu de um corte em seu rosto.

— Meu rosto! — Lara uivou como uma loba enquanto levantava a cabeça e segurava a ferida no rosto.

Nesse período, Wang rapidamente pegou o coelho e enfiou-o no bolso, como se já previsse que alguém os perseguiria. Assim que ele estava prestes a virar e correr, ele caiu inesperadamente de joelhos. Ele olhou para trás e percebeu que Lara estava agarrando a sua perna.

— Onde você está levando a minha comida? — ela perguntou com uma expressão sinistra.

Neste momento, Sanji saiu de um caminho estreito ao virar a esquina, ela ainda estava segurando a boca do degenerado. Mesmo que ela tenha conseguido desarmar Lara com um único golpe, sua condição era na verdade a pior entre eles. Ela pensou que tinha usado muita força naquele ataque, mas apenas raspou o rosto de Lara. Sanji respirou pesadamente enquanto tentava impedir que suas pernas cambaleassem e também controlar a fome ardente em seu estômago.

Eu estou com fome. Tanta fome. Eu não me importo com o que seja, só tenho que comer alguma coisa…

Sanji encostou-se em uma parede enquanto ela ameaçava com uma voz rouca:

— Soltem o coelho. Caso contrário, não me culpe se eu começar a matar…

Essa situação só poderia ser explicada pelo que aconteceu dez minutos, não, dez dias antes.

Depois que o segundo jogo terminou, a grade e a tela derreteram como sorvete. A arena retornou ao círculo normal, meio vermelho e meio branco. A única diferença era que havia um corpo morto de um lado e uma pessoa quase morta e paralisada do outro lado.

Os membros de ambas as equipes tinham expressões terríveis enquanto esperavam silenciosamente que Ponto apresentasse o próximo jogo. No entanto, desta vez, o Sr. Ponto não disse nada mesmo depois de um longo tempo. Quando todos começaram a ficar inquietos devido à confusão, fendas no chão se abriram e várias paredes subiram do chão.

Como mudas de árvores crescendo, todos assistiram em choque quando as paredes ficaram mais e mais altas até que não conseguiram ver suas bordas. As grossas paredes negras bloqueavam quase metade da iluminação natural do céu, criando um número aparentemente infinito de caminhos estreitos.

As paredes bloqueavam a visão dos competidores um do outro, então Sanji só percebeu que não havia ninguém perto dela quando ouviu a voz do Sr. Ponto. As paredes pareciam ter segregado ela dos membros da sua equipe.

— Ah, esse é o terceiro jogo, O Labirinto. —  Sr. Ponto riu. — Este é um labirinto bastante grande, a equipe coxinha estará na entrada deste lado, e a equipe mortadela estará na outra entrada. O objetivo deste jogo é muito simples. Você terá que chegar a uma pequena área específica neste labirinto para ganhar este jogo e receber a recompensa de +1 ponto.

Terceiro jogo: Labirinto.

Regras: Não há regras.

Instruções: Os membros da equipe coxinha e mortadela começarão a partir de suas respectivas entradas. Quando um membro chegar a uma área específica, a equipe receberá uma recompensa de +1 ponto, independentemente de quem chegar primeiro.

— Haverá uma mesa de jantar coberta com pano branco naquela área específica. No entanto, só haverá comida suficiente para quatro pessoas, e somente aqueles que chegarem primeiro podem começar a comer. No entanto, se as pessoas que chegarem primeiro deixarem alguma comida para trás, os outros ainda podem comer. — Ponto riu de suas próprias palavras. — Mas duvido muito que alguém possa resistir àquela comida deliciosa.

Você só pode estar brincando. Quem ousaria comer a comida que você colocou nesse lugar?

Sanji resmungou internamente. De repente, ela ouviu o estômago roncando.

Hein?

Sanji pensou consigo mesma.

— Ah, há algo que eu ainda não contei a todos vocês. — Pelo tom do Sr. Ponto, Sanji sabia imediatamente que era algo ruim.

— Dentro deste mundo paralelo, há uma barreira entre o tempo aqui e o mundo exterior. Em outras palavras, o tempo flui diferentemente do mundo exterior. Eu acho que você deve ter ouvido falar da Sala do Tempo, na Plataforma Celeste onde os Guerreiros Z treinam. Mas, diferente da Sala do Tempo, um minuto neste Desafio equivale a um dia lá fora. Desde que todos vocês entraram neste desafio, já se passaram 43 minutos. Isso é… humm… 43 dias.

Sr. Ponto continuou seu anúncio com o mesmo entusiasmo.

— Para este terceiro jogo, removerei a barreira do tempo entre este mundo paralelo e o mundo exterior. Você ainda experimentará o mesmo fluxo de tempo dentro do jogo, mas descobrirá que o seu corpo irá mudar de acordo com o mundo exterior…

O Sr. Ponto parecia ainda estar falando, mas Sanji não conseguia mais ouvi-lo claramente porque de repente ela se sentiu fraca. Seus braços e pernas ficaram fracos, ela se inclinou na parede e deslizou para o chão incontrolavelmente. Ela só recuperou sua consciência quando seu rosto tocou uma poça quente no chão.

Foi só então que a voz do Sr. Ponto fez sentido para seus ouvidos novamente:

— É horrível sentir a fome acumulada de 43 dias! Espero que todos vocês façam o melhor possível! Afinal, cada minuto aqui é um dia para o seu corpo. E isso é um dia sem comida. Mas como todos vocês já tem o corpo reforçado, não devem morrer com um ou dois meses de fome. Entretanto, vocês não podem continuar sem comida… Espero que todos vocês possam sobreviver até chegar à área específica no labirinto. Já existe um delicioso banquete para quatro preparado!

Isso significa que apenas as quatro pessoas que encontrarem a mesa de jantar sobreviverão?

— Há outra coisa que vocês devem levar em consideração. Não há regras contra matar neste jogo, então, por favor, trabalhe em equipe e fique de guarda contra seus oponentes. — Depois que Ponto disse isso, ele imediatamente anunciou: — Tudo bem, agora o jogo começa oficialmente!

Depois de ouvir o anúncio de merda do Sr. Ponto, Sanji não perdeu mais um segundo precioso no chão, ela rapidamente se forçou a levantar. Antes mesmo de entrar neste Glitch, ela esteve inconsciente por uma semana. Durante esse tempo, Changzai só podia a alimentar com líquido feito com migalhas de biscoito e água. Assim, mesmo com seu Aprimoramento Completo do Corpo, Sanji não estava mais forte do que ninguém ali.

Enquanto examinava a área, ela viu apenas vários caminhos se estendendo, mas todos pareciam iguais. As paredes negras dos dois lados dos caminhos eram tão altas que pareciam alcançar as nuvens. Os caminhos se contorciam e giravam, parecendo se estender sem rumo para lugar nenhum.

Sanji se virou para trás na esperança de encontrar de alguma forma os membros de sua equipe novamente, mas ela não viu ninguém navegando pelos caminhos atrás dela. Ela sentiu sua força sumindo a cada minuto que passava.

Sanji suspirou e desistiu de se reunir com o coelho. Ela decidiu escolher uma direção e continuou em frente.

Isso é muito frustrante!

Os dois primeiros caminhos que Sanji escolheu a levaram para um beco sem saída depois de alguns minutos. Depois disso, ela continuou dando de cara em paredes e mais paredes de becos sem saída na mesma direção. Navegando pelos tais labirintos realmente requeria uma certa quantidade de resistência e energia, mas isto era agravado pelos dias de fome… Sanji só poderia continuar para a frente delirante enquanto fantasiava incontrolavelmente com a comida que a aguardava na mesa de jantar.

Nesse ponto, ela de repente ouviu um grito vago e agudo. Ela estava muito familiarizada com essa voz. Aquele tom mordaz e grosseiro só poderia pertencer ao coelho.

— Porra! Por que você está me atacando?

Devido às paredes, Sanji não conseguiu ouvir a conversa corretamente. Ela só conseguiu entender alguém falar uma palavra: comer.

De repente, alerta, ela imediatamente correu em direção à origem da voz.

— Eu vou matar qualquer um que ousar tocá-lo! — ela gritou o mais alto que conseguia, sem sequer entender como conseguiu reunir força para isso.

Houve um silêncio instantâneo.

Quando a velha perdeu o duelo no jogo anterior, ela ofereceu a habilidade de Fan, [Sem coincidência. Sem história]. Quando Sanji recebeu essa habilidade do baú, ela descobriu que só conseguia criar coincidências mínimas devido ao seu nome bastante diferente.

Mas agora, uma pequena coincidência seria útil nessa situação. Sanji segurou uma caneta-tinteiro na mão esquerda enquanto escolhia um pequeno caminho aleatoriamente. Inesperadamente, esse caminho estreito levou-a aos membros da equipe coxinha.

Quando ela viu Wang e os outros fugindo dela, ela parou de pensar e apenas os perseguiu.

Berjkley
Analista de Sistemas, Game Developer, Mestre de RPG. Gosta de Doctor Who, Não gosta de Vampiros Purpurinados.

5 Comentários

  1. Fiquei confuso com o início do capítulo, tanto que voltei ao anterior para confirmar de que estava tudo certo. Obrigado pelo capítulo!

  2. “Quando a velha perdeu o duelo no jogo anterior, ela ofereceu a habilidade de Fan, [Sem coincidência. Sem história]. Quando Sanji recebeu essa habilidade do baú, ela descobriu que só conseguia criar coincidências mínimas devido ao seu nome bastante diferente.”
    Tá, alguém me explica o pq dela n ter pegado uma habilidade ativa do cara da blusa colorida tmb.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!