RN – Capítulo 70

Morfina Azul

— Não é o trabalho de alguém do culto das cobras gêmeas. — Marvin apontou para o rosto magro de Wayne e continuou — Se fosse o culto das cobras gêmeas, Wayne não sofreria tanto assim. Olhando superficialmente parece [Hibernação], uma das maldições da marca registrada do culto das cobras gêmeas, que faz o alvo entrar em coma permanente. Mas a hibernação não mataria alguém. O batimento cardíaco de Wayne também é extremamente forte, e isso não é um sintoma de hibernação.

Ao ouvir a explicação de Marvin, Hanzer ficou em choque. Ele não pôde deixar de perguntar:

— Como você sabe?

— Meu avô era um mago de alto nível. — Marvin já havia preparado essa resposta de antemão — Antes de partir, li muitos livros na sala de estudos e aprendi muita coisa.

— Você e Wayne são muito inteligentes, é uma pena que você não tenha talento para ser um mago. — Hanzer assentiu — Certo, eu também senti que algumas pessoas deliberadamente imitaram o trabalho do culto das cobras gêmeas. Mas como você sabia que foi a Lulu? Você não acabou de chegar na academia?

— Sob o disfarce da maldição da hibernação há outra maldição que drena a vitalidade. — Marvin sorriu — Esse tipo de maldição precisa de pelo menos uma semana de contato diário e constante, além de exigir que se entoe o encantamento da maldição. Wayne é um pouco antissocial, então ele não ficaria perto de muitas pessoas por um longo período de tempo. Além do velho mordomo, quem mais poderia ser? A única pessoa que tinha contatos diários com ele era sua namoradinha, certo? Uma dedução lógica.

— Você deve ser um Suserano muito capaz! — Hanzer deu de ombros, impotente — Bem, como você já está aqui, você quer se juntar a mim e fazer uma visita ao culpado por trás da situação de Wayne? Afinal, é um direito seu.

Prisão da Academia Magore.

Uma jovem estava sentada sozinha na beira de uma cela, parecendo excepcionalmente assustada. Esta prisão foi estabelecida em uma árvore de nove andares. Cada ramo terminava em uma cela de madeira, pendurada no ar. Ela estava olhando para o vasto líquido preto abaixo.

Se ela caísse nesse líquido preto, ela se dissolveria e nem mesmo um osso permaneceria para contar história! Não havia muitos prisioneiros na prisão porque a maioria das pessoas que procuravam problemas na Academia Magore morreria.

Enquanto ela estava olhando ao redor, assustada, a gaiola começou a se mover! Ela estava com medo no início, mas ela logo reagiu.

Alguém está controlando esse ramo! — Ela pensou.

Havia duas silhuetas fracas em uma plataforma distante. A silhueta alta entoava um encantamento e aquele ramo que a carregava começou a se mover lentamente. No final, a cela pousou na plataforma. Ela viu duas pessoas em frente a ela enquanto a gaiola se abria.

— Saia senhorita Lulu. — Hanzer disse em voz baixa.

Lulu saiu timidamente da gaiola.

— Eu não entendo, por que o senhor fez isso? Quem eu ofendi?

Lulu exibiu uma aparência inocente. Ela parecia completamente sem noção.

— Que bela atuação… — Hanzer surpreendentemente disse antes que Marvin pudesse dizer qualquer coisa — Eu tenho que dizer, estou profundamente impressionado com suas habilidades de atuação.

Como um mago de 2º ranque, Hanzer tinha um senso de humor que não se encaixava com seu perfil.

— Como uma alquimista aprendiz, por que você faria isso? Você está com Wayne há mais de meio ano, por que amaldiçoá-lo? Você realmente acha que nós, os professores, somos cegos?

Lulu ficou em silêncio. Ela já havia se preparado para isso. Mas, uma vez que as coisas realmente acontecessem, ela ainda estava desnorteada. Ela sabia que Hanzer tinha provas suficientes, pois ela já foi posta na cadeia, de qualquer forma. Qualquer coisa que ela dissesse seria inútil.

— Eu amo Wayne, de verdade. — Ela começou a soluçar — Mas eu realmente não pude fazer nada sobre isso. Olhar para ele todos os dias era tão doloroso que também senti que uma faca estava sendo fincada em meu coração. Alguém me forçou a fazer isso. Se eu não fizesse isso, eu… Resumindo, eu morreria de uma forma muito assustadora. Eu estava com medo. Assim, fiz tudo o que essa pessoa me pediu. Eu não esperava que fosse tão sério. Eu sei que estou errada. Eu realmente não queria deixar ele nesse estado.

O choro da menina tornou-se cada vez mais lamentável, a ponto de fazer uma pessoa comum sentir pena dela. Quanto a Marvin, bem, esse choro lhe deu uma ânsia de vômito. Usando uma aparência lamentável para ganhar simpatia, tentando sair ilesa depois de cometer tal crime…

Como uma menina de 11 anos pode ser tão perspicaz? Este mundo cruel estava realmente obrigando as crianças a amadurecer cedo. — Marvin pensou.

— Cale-se! — Hanzer interrompeu estritamente o choro de Lulu — Eu só quero que você faça duas coisas. Primeiro, diga-nos quem obrigou você a fazer isso. Em segundo lugar, remova a maldição de Wayne! Se você fizer isso, eu, em nome da Academia Magore, perdoarei seu comportamento!

As palavras de Hanzer tiveram um efeito imediato. Lulu imediatamente parou de chorar. Seus olhos exibiam uma pitada de esperança.

— Sério?

Hanzer olhou para Marvin em silêncio.

— É claro que sim. — Hanzer afirmou.

Ele só queria que seu discípulo se recuperasse no momento. O resto…

Hmph, a dívida será anotada, não precisa se preocupar. — Hanzer pensou.

Lulu parou de chorar e começou a colocar seus pensamentos em ordem. Ela disse lentamente:

— Em primeiro lugar, eu realmente não sei quem é a pessoa. Não entenda mal, eu realmente não sei. Cerca de um mês atrás, eu comecei a jogar alguns jogos e… no fim das contas, as pessoas me trapacearam e eu perdi muito dinheiro. Foi uma quantia enorme e uma vez que Wayne soube, ele disse que pensaria em alguma coisa para me ajudar. Ele foi muito bom para mim, eu sabia disso. Mas como ele poderia encontrar um jeito para me ajudar? Ele estava lutando para pagar seus próprios estudos. Não havia nada que ele pudesse fazer para me ajudar a lidar com essa dívida. As pessoas a quem eu devia dinheiro eram muito assustadoras. Elas têm influência em toda a Academia Magore. Acho que o senhor Hanzer é capaz de adivinhar. Eu realmente não podia fazer nada sobre essa dívida e essas pessoas me deixaram louca. No final, um dos responsáveis ​​me deu a oportunidade de pagar a minha dívida.

Ela fez uma pausa depois de dizer isso.

— E tudo o que você precisava fazer era amaldiçoar Wayne? — Marvin perguntou.

Ela assentiu timidamente. É preciso admitir, mesmo que o encanto de Lulu só pudesse ser considerado acima da média, sua aparência lamentável poderia realmente fazer alguém simpatizar com ela.

— Quem? Quero o nome. — Hanzer disse com firmeza.

— [Morfina Azul]… O nome dessa pessoa é Conde. — Lulu disse.

— Conde? Que tipo de nome é esse? É um apelido, no máximo. — Hanzer rebateu, insatisfeito.

— Eu já lhe contei tudo o que sei. — Lulu disse — Remover a maldição de Wayne também é muito simples. Há uma caixa debaixo da minha cama. Queimar a caixa será suficiente.

Hanzer e Marvin se entreolharam.

— O que é Morfina Azul? — Marvin perguntou.

Hanzer ficou sério.

— Uma organização nas Torres dos Três Anéis. Um grupo formado por crianças de grandes famílias de magos.

Marvin assentiu, sem dizer mais nada, mas ele decorou esse apelido, Conde. Lulu não deveria ter mentido. Como as pessoas nos bastidores queriam fazer algo assim, elas certamente não se revelariam. Eles estavam prontos para usar esse plano terrível. Afinal de contas, esse era o domínio dos magos e a investigação de Lulu também era uma questão óbvia.

— Senhor Hanzer… — Lulu olhou para ele cheio de esperança — Eu amo Wayne! Se não fosse por eu ter sido forçada e não tivesse saída, eu não teria feito algo assim.

Hanzer ficou enojado, mas ele ainda disse:

— Eu, em nome da Academia Magore, eu perdoo seu crime por enquanto. Se alguma coisa for descoberta durante a investigação que você não explicou de antemão, então as consequências… Hmph!

— Obrigada senhor! — Lulu ficou muito feliz com a boa notícia.

Mas como ela poderia imaginar que Marvin começasse a andar em sua direção. Hanzer parecia distraído, aparentemente querendo parar Marvin, mas ele finalmente não se moveu.

— A Academia Magore te perdoou, mas o Vale do Rio Branco não. Wayne é o primeiro herdeiro do Vale do Rio Branco. Eu sou seu irmão mais velho e ainda não a perdoei.

A voz de Marvin era muito calma, mas deixou Lulu muito assustada!

— Sir Marvin! Eu realmente não fiz isso porque queria. Eu realmente amo Wayne! Sempre que eu olhava para ele sofrendo assim, eu também sentia a dor. De verdade! Eu teria queimado a caixa uma semana depois, e Wayne teria acordado. Eles só queriam que ele fosse incapaz de competir, só isso. E ele também me amou!

Olhando para Marvin se aproximando passo a passo, ela começou a falar de maneira incoerente. Um selo mágico havia sido colocado em seu corpo, então ela não tinha como resistir.

— Você disse que ele amava você? — Marvin se aproximou do ouvido dela e sussurrou — Mas não acho que vocês dois se dariam bem juntos.

No segundo seguinte, Lulu sentiu uma dor no estômago! Marvin a havia chutado impiedosamente e a garota caiu da beira da plataforma. Ela soltou um grito miserável, antes de finalmente cair no líquido preto. Seu corpo e ossos foram corroídos em um instante, deixando apenas líquido preto para trás.

Aquela cena era simplesmente muito assustadora. No entanto, Marvin não piscou sequer uma vez.

— Quem ferir meu irmão deve morrer. — Marvin murmurou em voz baixa, antes de se virar.

Hanzer olhou para ele por um longo tempo e então perguntou:

— Por que você não usou uma adaga?

Marvin passou por ele e parou.

— Não vou sujar minha adaga com essa imundície.


Gabriel
O Rei dos Undeads!

12 Comentários

  1. Que final épico.
    E boa vindas ao novo tradutor que eu ainda não sei o nome! (deveria ter comentado no cap. anterior)

  2. Por isto curto bastante as novels chinesas, a maioria das japonesas o Marvin iria converter a guria e taria ela pro grupo dele e ela iria se apaixonar bla bla kkkk, chines se eh inimigo, morre, se atacar primeiro morre, se atrapalhar os planos, morre, e muito mais real ja que essas historias passa na epoca medieval ( com poderes e tals) ja eh violento hj em dia, multiplica por 10 e vc chega na idade media!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!