Soberania – Capítulo 137

Vontade do Caos (2)

As Asas do Caos estavam no nível máximo!

Ele conseguiria superar isso? Por um tempo, a resposta seria não. Esta barreira era diferente de quaisquer outras limitações que ele havia encontrado antes. Talvez fosse algo que ele não pudesse superar durante aquela vida.

Claro, poderia não importar muito. Ele já tinha um poder excelente apenas por se tornar um ser do caos. Haveriam pessoas que atingiram novos patamares depois de se tornarem seres do caos?

Era a pergunta de Lucan.

Talvez não. Mas e se houvesse? Seriam Deuses?

Lucan queria ver se havia alguém que havia conseguido se tornar um ser do caos como ele. Quantos seres do caos existiriam neste vasto mundo? Agora, estava claro que as Asas do Caos eram feitas da Vontade do Caos. O homem de cabelos negros que lhe provera conhecimento no Hall dos Guardiões era um deles.

Ele ainda estaria vivo?

Era natural que estivesse. Um ser do caos não morreria a menos que tivesse tentado destruir a si próprio. Portanto, ele não poderia estar morto. Ele poderia ter desaparecido para outro lugar.

— Em algum lugar, espero conhecê-lo.

Provavelmente haveriam muitos transcendentes. Assim como existiam várias estações dimensionais, haveria transcendentes presentes em várias delas. Cada estação devia ter pelo menos um ou dois. No entanto, quantos seres do caos haviam por aí?

Ele não sabia.

*Suuk*

Lucan, que estava em um estado de contemplação, olhou ao redor. Onde era esse lugar? Ele estava dentro do Hall da Destruição. Os arredores estavam imersos na escuridão.

— Não existe um mar dimensional.

Era um espaço estranho, onde o poder dimensional não existia. Ao mesmo tempo, havia uma energia destrutiva em todos os lugares! Era uma das muitas energias que constituíam o poder do caos, então Lucan não sofria dano com ela. No entanto, um transcendente comum não duraria muito tempo ali.

É isso mesmo. Este lugar é como um túmulo.

Era um espaço que parecia um buraco negro, que fazia com que as estações fossem destruídas. Se houvesse algum ser vivo ali, ele teria que ser um ser do caos.

Um transcendente que tivesse muita sorte poderia ser capaz de entrar vivo ali, mas não sobreviveria a menos que despertasse como um ser do caos, como Lucan fez.

Acho que vou dar uma olhadinha por aqui.

Não seria difícil criar um portal para retornar à Estação Pavalia. Ele só tinha que consumir um pouco de poder do caos. Ninguém o ensinou isso, mas ele sabia instintivamente, da mesma forma que uma aranha sabe como fazer teias. Era apenas uma das muitas coisas que poderiam ser feitas com o poder do caos. Ele também percebeu esses fatos intuitivamente.

Portanto, descobrir o que ele poderia fazer com o poder do caos seria a principal ocupação de Lucan no futuro.

*Chwaaaaak!*

Lucan voou rapidamente. Este era um reinado da morte, onde nem mesmo a fênix anômala Sajitia podia entrar. Portanto, Lucan precisava voar por ali. Ainda assim, não havia nada de desconfortante. Sua velocidade normal poderia ser comparada à de uma anomaloria, que ainda era rápida, mesmo que a fênix anômala fosse muito superior.

Existe um portal aqui.

Lucan finalmente descobriu algo. Um portal de movimento espacial! No entanto, não era exatamente um portal, mas algo que parecia um Hall da Destruição. O local estava emanando uma aura de caos. Lucan se moveu em direção a ele.

*Kwa kwa kwa kwa!*

Era um túnel cheio de poder caos. Mesmo os transcendentes seriam transformados em poeira instantaneamente pela diferença de poder! No entanto, Lucan não sentiu desconforto. Em vez de incomodo, era um lugar que lhe dava força. Seu poder do caos seria restaurado só de vir ali. Lucan voou pelo túnel como se estivesse passeando.

O fim do túnel estava conectado a outro mundo, onde algo estranho estava acontecendo. Havia vultos de humanos, elfos, orcs e outras espécies no final do túnel. Então, o poder do caos os transformava em monstros gigantes ou, mais precisamente, na energia da destruição que fazia parte do poder do caos…

Então, eles saíam do túnel.

— Kukukuku!

— Kukakakaka!

Assim que eles saíram, cinco seres investiram contra os monstros.

— Eles apareceram novamente. Bastardos dos infernos!

— Vamos! Se livrem deles sem deixar nenhum escapar. Senão, os mundos inferiores estarão em perigo.

Lucan percebeu instantaneamente que eles eram transcendentes. Esta seria uma das estações no vasto sistema dimensional. Era em outro lugar, muito além da estação Pavalia. Surpreendentemente, havia cinco seres transcendentes ali. Dois dragões, dois reis demônios, e um elfo. Eles eram os guardiões desta estação e estavam tentando proteger os mundos dali.

Fico feliz em vê-los.

Lucan estava os observando, mas eles não estavam cientes disso. Foi porque ninguém reconheceria Lucan se ele se escondesse em meio ao poder do caos. Então, Lucan voltou para o Hall da Destruição. Eliminar este Hall da Destruição seria uma tarefa muito fácil para ele.

No entanto, não foi difícil perceber que ele não deveria fazer isso.

Essas sombras são aqueles seres que se aproximaram da transcendência em seu mundo, mas não conseguiram alcançá-la.

Lucan sabia disso através do poder do caos.

Eles são transformados em monstros através da energia da destruição e atacam, para que os transcendentes tenham que lutar contra eles.

Os monstros eram detestados por transcendentes. No entanto, os monstros eram absolutamente necessários para evitar que os transcendentes ficassem confortáveis com seu nível de poder. Eles criavam uma sensação de insegurança onde seu mundo poderia ser destruído!

Isso impedia que lutassem entre si, precisando se unir ao invés disso.

Caso contrário, não seria fácil para os transcendentes se darem bem. Em vez disso, eles provavelmente se matariam. Isso poderia ser fatal para os mundos subdimensionais. Shakan e Keljark, por exemplo, receberam Lucan muito bem, simplesmente porque teriam outro aliado que poderia lutar contra os monstros da destruição.

No entanto, havia um significado maior por trás do Hall da Destruição. Ele permitia que uma pessoa transcendente se tornasse um ser do caos. Um método para ultrapassar os limites dos transcendentes!

Esse era o verdadeiro Hall da Destruição.

Claro, entrar naquela área não seria possível a todos. Havia um caminho, mas apenas alguns podiam entrar. Lucan havia entrado no reino do impossível.

Ele voou por um tempo e viu muitos Halls da Destruição. Todos estavam conectados a outras estações onde os transcendentes estavam esperando pelos monstros.

E as estações que não tinham transcendentes?

Não havia nenhuma. Se houvesse tal lugar, ele já teria sido incorporado a este espaço sombrio depois de ser dominado pelo poder da destruição.

É realmente incrível.

Certamente, aquilo tudo não poderia ter sido criado por acaso?

Não poderia ser. Não seria apenas coincidência que este tremendo arranjo possibilitasse controlar os transcendentes que pertenciam ao sistema dimensional e ainda permitir que alguns entrassem no caminho do caos. Alguém devia ter feito isso de propósito.

Quem seria essa pessoa? Seria um deus? Ou um ser de nível mais alto do que um ser do caos?

Espero encontrá-lo algum dia.

Esse ser viria por conta própria, ou Lucan o encontraria depois de alcançar um nível mais alto.

Lucan voltou para a estação Pavalia.

Um portal do caos foi criado no espaço escuro, já que não havia mais o Hall da Destruição. Nem mesmo Lucan conseguiria recriar o Hall da Destruição se ele quisesse. Em outras palavras, o lugar temível conhecido como Hall da Destruição não mais existiria na Estação Pavalia.

— Oh! Lucan!

— Você voltou vivo!

Shakan e Keljark, que estavam olhando para o lugar onde o Hall da Destruição antes ficava, receberam Lucan com alegria. Surgiram suspiros de alívio e seus olhos estavam cheios de alegria. Olhando para suas expressões, Lucan sentiu que eles estavam sinceramente ansiosos pelo seu retorno em segurança.

Depois de confirmar que Lucan estava seguro, eles perguntaram com curiosidade:

— O que havia no Hall da Destruição, Lucan?

— Estava ligado a outro mundo?

Lucan apenas sorriu.

— Era um espaço sombrio. Estava cheio da energia destrutiva.

— Euh! Então era assim.

— Ainda bem que você sobreviveu a esse lugar.

— Eu quase morri. De qualquer forma, vocês não precisam mais se preocupar com o Hall da Destruição daqui.

Olhando para a expressão descontraída de Lucan, Shakan e Keljark sentiram novamente que Lucan era mais forte do que eles. No entanto, Lucan nunca revelou suas habilidades como um ser do caos, então ele só parecia um pouco mais forte como um transcendente. Isso porque o poder de Lucan era incompatível com Shakan e Keljark.

Ele finalmente encontrou pessoas que poderiam ser amigas neste vasto sistema dimensional, mas eles não se sentiriam confortáveis se descobrissem a diferença de habilidades entre eles.

Por outro lado, Shakan e Keljark deram graças depois de ouvir que o Hall da Destruição havia sido extinto para sempre.

— Sério? Não precisamos mais ver esses monstros malditos!

— Ha! Agora, posso erguer os pés pra cima e dormir bem. Eu não me lembro da última vez que eu descansei direito.

Keljark realmente parecia cansada. No entanto, ela sorriu vividamente, se sentindo muito melhor.

— O que você vai fazer agora, Lucan?

— Estou pensando em viajar um pouco.

— Viajar? Para onde?

Keljark e Shakan se interessaram. Lucan ainda não tinha nenhum destino especial.

— Eu vou visitar outras estações. Será um pouco apertado se eu ficar aqui também.

Shakan assentiu.

— O Hall da Destruição desapareceu, então não será um problema se deixarmos a Estação Pavalia por um tempo.

— Isso mesmo, estou entediada.

Eles agiram como se fossem viajar junto com Lucan. Lucan ficou estupefato.

— Vocês estão pensando em me seguir?

— Com certeza.

— Eu quero me divertir com você. Você já está indo?

Mais uma vez eles pareciam os cachorrinhos dele. Lucan acenou com a mão.

— Não agora. Eu deveria dar uma olhada em casa antes de sair.

— Então eu vou dormir até você chamar. Posso entrar em suas asas por um tempo?

Keljark perguntou com um bocejo enquanto apontava para as asas de Lucan. Quando Lucan assentiu involuntariamente, ela entrou em suas asas. Shakan pensou que era uma boa ideia e disse o mesmo:

— Eu vou descansar dentro de suas asas, então me chame quando você for viajar.

— Espera aí, vocês não têm casa, não?

Lucan ficou estupefato. Era um pouco estranho saber que suas asas estavam sendo usadas como um hotel portátil. Claro, Lucan sabia que havia um lugar de descanso em suas asas. Para a maioria das asas, somente seres especiais, como espíritos ou transcendentes, poderiam entrar. No entanto, as asas de Lucan não tinham tais restrições.

Se ele permitisse, qualquer um poderia ficar.

Shakan explicou com um sorriso:

— Depois de me tornar transcendente, eu vivi sem uma casa. Eu também libertei todos os membros da minha Família. Era irritante. Há aqueles que escolheram me seguir, mas é uma liberalidade deles, e eu realmente não me importo.

Não havia tal coisa como a Base de Shakan. Era o mesmo para Keljark. Lucan sentiu pena depois de ouvir essas palavras. Eles eram transcendentes, mas eles estavam vagando sem uma casa.

Na verdade, para que é que um transcendente precisava ter uma casa? Eles poderiam ficar em qualquer lugar e em breve aquela seria sua casa.

— Então você pode entrar e descansar.

— Obrigado.

Shakan entrou nas asas de Lucan depois que a permissão foi dada.

— Agora, devo voltar para a base?

Lucan retornou à Hwanmong da Terra através do teleporte. Depois de passar pelo portal no Campo Sanguinário, ele se moveu para a sede do Edifício Delta.

— Keirun, há quanto tempo!

— Oh! Senhor!

Keirun o recebeu. Era a primeira vez que Lucan visitava a base desde que havia se tornado um transcendente.

— Ouvi dizer que você se tornou um soberano dimensional, senhor.

Keirun se curvou com uma expressão cheia de emoções complexas.

Vermillion
Primeiro de seu nome, Nascido do Caos, o Que a Tudo Lê, Spymaster nas horas vagas, Father of Fakes, Professor de Inglês, Um dos Três, Editor do Qidian, Tradutor de TA, Soberania e DNG, Marido Raiz.

5 Comentários

  1. Será que ele anida vai querer ser liberto? Ou vai querer permanecer na família de Lucan… Veremos na próxima parte (ou próxima).

  2. Keirun queria ser liberto, para poder trilhar o caminho de um Soberano. Será que ele ainda vai querer?
    Obrigado pelo capítulo ^-^

  3. Vamos ver o que o Keirun vai fazer.
    Será que o Lucan vai deixar ele escolher um item de soberano?
    Ele podia até dar ir onde o Keirun vai renascer, e ajudar ele. Mesmo que eu ache que ele não precisaria de ajuda, ele conhece muita coisa

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!