TA – Capítulo 170

Os Aprendizes

A forma como o terceiro andar estava organizado era muito diferente da do segundo. Lucien viu uma sala de estar azul e branca bem espaçosa. Do outro lado da sala, havia uma fileira de janelas grandes, através das quais entrava a luz do sol que iluminava todo o local.

Embora a sala de estar ainda fosse bem menor do que o salão no primeiro andar, tudo ali parecia bastante animado e enérgico — sofás que podiam ser movidos; mesas de chá pequenas espalhadas para todo o lado; pequenos quadros-negros pendurados nas paredes; plantas verdes, etc.

Havia alguns adolescentes naquele local. O mais velho deveria ter por volta de quatorze ou quinze anos, e o mais novo provavelmente teria apenas doze. Alguns deles estavam sentados nos sofás, calculando e escrevendo algo de uma maneira muito dedicada, enquanto outros estavam em frente aos pequenos quadros, discutindo algo seriamente. Por um segundo, Lucien pensou que estivesse visitando uma sala de estudos ou algo assim.

Por causa do design único do local e do tapete espesso no chão, a chegada de Lucien e Tom não atraiu a atenção dos adolescentes.

— Anakin, eu achei que este livro Princípios Matemáticos na Filosofia da Magia é muito interessante. As três leis fundamentais das forças parecem bastante simples. Quando você pensa a respeito, todas elas estão muito próximas de nossa vida diária quando lançamos um feitiço, — disse uma jovem em voz baixa para sua amiga sentada no sofá ao lado dela.

Outro menino adolescente com cabelo encaracolado loiro olhou para cima e disse:

— Layria, eu concordo. Você se lembra que uma vez o Sr. Astar mencionou que Princípios Matemáticos na Filosofia da Magia é uma das duas teorias principais que suportam o sistema contemporâneo de magia, e se você puder ter uma compreensão completa disso, provavelmente se tornará um verdadeiro feiticeiro em breve!

A moça de cabelo cor de linho sentada ao lado deles se juntou à conversa:

— Anakin, Layria, vocês dois ainda estão lendo o primeiro capítulo? Outro dia dei uma rápida olhada no livro e descobri que o terceiro capítulo vai muito além da nossa imaginação. Ele tenta explicar todos os tipos de movimentos que acontecem neste mundo, incluindo estrelas e marés, introduzindo o conceito de gravidade, uma força que existe entre as estrelas e a terra, e é por isso que os movimentos dos astros podem na verdade ser previstos. É muito importante para o nosso estudo mais aprofundado em astrologia.

O adorável rabo de cavalo de Layria saltava para cima e para baixo enquanto ela assentia.

— Sim, sim… mas não consigo entender a derivação aqui, e também não entendo o método matemático chamado… cálculo. E vocês dois, Heidi e Anakin?

— Não faço ideia… não consigo entender nada, — respondeu Heidi casualmente. — Mas, assim como o Sr. Astar nos disse, antes de nos tornarmos verdadeiros feiticeiros, precisamos apenas lembrar alguns princípios e fórmulas, em vez de entender o porquê.

— Ainda assim… precisamos ler muitos livros de acordo com o Sr. Astar… — Layria suspirou. — Geometria Básica da Magia, O Mapeamento dos Princípios Mágicos e Construção de Modelos e… e…

— E O Significado da Modelagem Matemática, Equação de Elementos por Trás da Fórmula Mágica, Elementos Básicos, Álgebra Básica, Classificação de Meditações de Baixo Nível, Análise Simples da Essência do Frio e do Calor, Movimento e Força na Magia, — Heidi continuou suas palavras e listou todos os livros que precisavam ler.

— Olha só! Eu não consigo nem lembrar os nomes dos livros. — Layria deu de ombros. — Embora o Sr. Astar tenha dito que se pudermos entender completamente os Princípios Matemáticos na Filosofia da Magia e depois passar um ano estudando cálculo, quando tivermos poder espiritual suficiente, não teríamos tanta dificuldade para nos tornar feiticeiros de baixo nível, não sei quanto tempo vou levar em todo esse processo sem um professor… Talvez uns quinze anos …

Como disse Astar, os aprendizes nessa sala eram mais talentosos do que a média e, com certeza, tinham seus próprios objetivos.

Anakin coçou um pouco a cabeça e disse:

— Não vamos ficar por conta própria por muito tempo, não é? O senhor Astar disse que teríamos mentores nos ensinando em Allyn. Talvez quatro ou cinco anos depois possamos nos tornar feiticeiros. E então…

— Então, seremos conselheiros do conselho da cidade! Teremos criados, — disse Heidi, cheia de esperança.

— Então, poderemos nos encontrar com nossas famílias também, — acrescentou Layria.

Os três aprendizes ficaram em silêncio por um momento e depois suspiraram ao mesmo tempo.

Havia um sorriso raro no rosto de Barqueiro enquanto ele olhava para os três adolescentes:

— Esses três, junto com Sprint, Oimos e Katrina, foram os mais talentosos no último teste, especialmente Sprint e Katrina. Ambos têm potencial no poder espiritual e talento em arcana.

Enquanto Tom estava falando, ele apontou para o garoto adolescente com cabelo vermelho escuro, o outro adolescente que estava sentado no sofá calculando, e a garota loira que estava discutindo seriamente com seus colegas.

— Todos parecem jovens promissores, — respondeu Lucien com um tom de um verdadeiro feiticeiro.

A conversa deles chamou a atenção dos aprendizes. Eles se viraram e se curvaram educadamente.

— Sr. Tom.

Tom aparentemente parecia menos sombrio do que o habitual quando estava na frente dos adolescentes. Ele balançou a cabeça e sorriu:

— Estou muito feliz em ver que todos vocês estão trabalhando duro, mas, ao mesmo tempo, quero que vocês, senhoras e senhores, entendam que o autor de Princípios Matemáticos na Filosofia da Magia, que também é o inventor do cálculo, o Sr. Douglas, é o presidente do Congresso e o maior arcanista de todos os tempos, por isso ainda há um longo caminho para vocês percorrerem. Trabalhem duro e sejam pacientes.

— Obrigado, senhor Tom. Pode deixar. — Sprint deu um passo à frente e disse com orgulho: — Tornar-se um arcanista sempre foi o meu alvo e eu finalmente me tornei um aprendiz iniciante ontem.

Alguns dos adolescentes ficaram muito surpresos. Não demorou muito para Sprint fazer esse avanço.

— Você é talentoso, Sprint. — Tom assentiu, sentindo-se bastante surpreso também. — E eu vi que você estava ajudando seus colegas também.

— Claro, somos todos amigos, — respondeu Sprint alegremente como uma criança. Então, ele olhou para Lucien. — Esse é nosso novo amigo, Sr. Tom? Ele parece um pouco mais velho que nós.

Então, Sprint se virou para Lucien.

— Você sabe alguma coisa sobre arcana? Eu posso lhe dar alguma ajuda, se você quiser.

— Sim, você pode me perguntar também, — disse Katrina. Essa garota de quatorze anos usava um vestido branco e já parecia uma bela jovem. — E eu também me tornarei uma aprendiz muito em breve.

Tanto Sprint quanto Katrina chegaram aqui recentemente e, quando foram escolhidos, nenhum deles tinha o nível de aprendiz, sendo apenas garotos talentosos. Agora, Sprint já alcançou aquele primeiro degrau, e parecia que Katrina estava a caminho também. Sem dúvida, Sprint e Katrina eram os dois com mais potencial entre todos os aprendizes e os outros jovens que estavam trabalhando para se tornarem um.

E assim como todas as pessoas inteligentes, Sprint e Katrina estavam competindo um com o outro o tempo todo.

Na mente de Katrina, este jovem, que provavelmente tinha apenas vinte anos, não deveria ser mais que um aprendiz que não sabia nada sobre arcana.

Tom achou aquilo divertido.

— Este é o Sr. Evans. Ele é um verdadeiro feiticeiro.

— Um feiticeiro?!

— Mas ele parece tão jovem!

Os adolescentes ficaram muito surpresos.

Embora soubessem que de vez em quando havia adolescentes muito talentosos que podiam se tornar feiticeiros depois de completar dezoito anos, quando suas almas se tornassem mais estáveis, eles nunca conheceram um feiticeiro que era tão jovem quanto Lucien. Eles suspeitavam que provavelmente este Sr. Evans estava usando algum tipo de magia para manter sua aparência jovem.

— Quando chegarem ao Congresso, verão feiticeiros que têm apenas quinze ou até quatorze anos. — Tom balançou um pouco a cabeça e sorriu. — Aos meus olhos, o Sr. Evans é bastante inteligente e, na verdade, não estou surpreso com seu nível.

— Sr. Evans. — Todos os aprendizes se curvaram educadamente com as mãos direitas na testa.

Essa era a tradição, onde um aprendiz deveria demonstrar respeito a um feiticeiro.

Lucien sorriu, dizendo:

— Somos colegas agora.

— Você quer estudar arcana com eles? — sussurrou Tom para Lucien.

— Quero começar lendo os livros que acabaram de mencionar, — respondeu Lucien. — Podemos discutir as coisas se for necessário. — Lucien acreditava que seu conhecimento de arcana não era inferior à maioria dos magos de nível intermediário.

— Então, você terá que cumprir uma tarefa do Congresso com antecedência, — Tom sorriu, — já que os livros são apenas para os aprendizes. Os feiticeiros só podem obtê-los quando chegam ao Congresso.

— Que tarefa? — perguntou Lucien.

— Você tem que ser o professor de um aprendiz, — explicou Tom pacientemente. — A fim de obter os livros e todo o tipo de apoio do Congresso, um feiticeiro precisa ajudar um aprendiz a alcançar o nível de aprendiz avançado. Devido às limitações do ambiente aqui, a esperança de que eles possam progredir para alcançar esse objetivo é quase nula, mas você pode tentar ajudar um deles a se tornar um aprendiz iniciante. O que você acha? Você poderá cumprir metade da tarefa do Congresso com antecedência aqui mesmo.

— Então o que acontecerá depois que chegarmos a Allyn? — perguntou Lucien. — Eu ainda serei o professor?

— Não se preocupe. — Tom acenou com as mãos, — Todos os aprendizes serão enviados para escolas específicas para estudar quando chegarmos lá. Eles não vão incomodá-lo.

— Entendo. Parece muito razoável. — Lucien assentiu. Ele concordava com a ênfase que o Congresso colocou nos aprendizes em treinamento.

Tom bateu palmas para chamar a atenção dos adolescentes.

— Senhoras e senhores, eu tenho uma oportunidade para vocês. Como o Sr. Evans precisa estudar arcana, ele quer trabalhar com alguns de vocês. Quem quer ser voluntário? Vocês devem saber que a chance de trabalhar em conjunto com um verdadeiro feiticeiro é preciosa!

A reação dos aprendizes variou. Alguns ficaram bastante empolgados e começaram a sussurrar um para o outro, enquanto outros permaneceram bastante duvidosos em relação a um feiticeiro que não sabia nada sobre arcana.

Ninguém sabia quanto esse jovem feiticeiro poderia ajudá-los com seu estudo de arcana. Além disso, de acordo com a tradição do antigo império mágico, alguns feiticeiros eram bastante rigorosos com a formação de novos aprendizes. Aqueles aprendizes que haviam tido outros professores antes não seriam levados em consideração, portanto eles poderiam perder a chance de se tornarem estudantes de alguns feiticeiros mais poderosos. Isso é o que mais os preocupou.

— Quem será voluntário? — perguntou Tom novamente.

Sprint respondeu primeiro:

— Receio que o Sr. Evans não possa me fornecer orientação suficiente em relação à arcana. Sinto muito.

— Nem eu. Desculpe, Sr. Evans. — Katrina abaixou a cabeça. — Eu quero manter meu horário de estudo.

Os outros seis ou sete aprendizes que estavam próximos de Sprint e Katrina também estavam muito hesitantes.

Vermillion
Primeiro de seu nome, Nascido do Caos, o Que a Tudo Lê, Spymaster nas horas vagas, Father of Fakes, Professor de Inglês, Um dos Três, Editor do Qidian, Tradutor de TA, Soberania e DNG, Marido Raiz.

18 Comentários

  1. Afz mano, dá uma vontade de morrer quando percebo que tenho que esperar até quinta pra continuar 😿.

    Obrigado pelo capítulo 🙃.

  2. Provavelmente o pior aluno vai aceitar Lucien e vai se tornar o mais inteligente heheh

    Obrigado mestre Vermillion

  3. Tentando relembrar algumas coisas, o Lucien chinês, era estudante de ensino médio ou universitário? Me recordo apenas que ele morreu na biblioteca

  4. É sempre assim.
    Depois vão cair de joelhos pra ele ensinar eles. Isso é só uma descupla pra exibir o mc pros guris

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
error: O conteúdo deste site está protegido!